Interna Noticias #2

23/07/2020

Como avaliar um seminovo ou usado na hora da troca

Como avaliar um seminovo ou usado na hora da troca

Hoje vamos falar sobre um assunto que necessita de bastante atenção: a situação de um carro na troca. O momento de trocar de veículo costuma ser aguardado com grande expectativa por muitas pessoas. E para facilitar esse processo, as concessionárias permitem que você dê o seu carro antigo para pagar parte do novo. Isso é uma grande comodidade, mas também pode ser uma frustração se você não avaliar bem o carro escolhido.

Pensando nisso, preparamos para você um post com excelentes informações para você avaliar o carro antes de fazer a troca. Confira!

Na avaliação de um carro usado considere o estado do motor

Um carro só anda se tiver um motor em bom estado. Caso contrário, serve para gastar dinheiro e dar do de cabeça. Para verificar qual o seu estado, peça para analisar o manual do carro. Nele, é possível averiguar quais foram as manutenções realizadas em concessionárias autorizadas pelo fabricante.

Caso não veja registros, solicite ao antigo dono que mostre os recibos que informam os reparos feitos. Você também pode andar com ele por alguns minutos para ver se não há nenhum barulho estranho.

Por último, mas não menos importante, olhe se as borrachas ao redor do motor estão ressecadas. Se sim, esse é um sinal que o carro nem sempre teve os cuidados necessários pelo antigo dono. Faça pelo menos essas três observações no motor antes de adquirir um carro seminovo ou usado. Farão muita diferença lá na frente.

Veja como economizar combustível.

Avalie os pneus

Os pneus servem como um bom parâmetro para conhecer o carro. Basta olhar o quanto desgastado estão, quanto mais estiver, menos atenção teve do antigo dono. Confira também se não existem bolhas, porque se houver, está na hora de trocar.

O estado geral de conservação

Cuidar da parte estética do carro também conta na hora da troca ou venda. Donos que demonstram cuidados nessa parte, provavelmente cuidam bem também da mecânica.

Verifique o estado de conservação do tecido dos bancos, cintos de segurança, painel, e demais partes internas do veículo. A má conservação entrega a idade do carro e diz muito sobre o cuidado do antigo dono. Os pedais são componentes normalmente esquecidos pelos compradores, não faça como a maioria e confira se eles parecem normais.

A lataria

Confira todas as partes da lataria do veículo e veja se não encontra amassados, pintura diferente das peças ou ferrugem. Com o tempo é normal que um veículo comece a ter danos na sua parte estética, principalmente ao que diz respeito a lataria. No entanto, cuidados básicos podem diminuir o grau destes danos ou até mesmo evitar. Quanto menos sinais o veículo apresentar, melhor será sua escolha.

Esses são os principais pontos que você deve analisar. Acompanhe os próximos posts para ficar por dentro do assunto.